Guia de Segurança em Obras: todos os cuidados que você deve tomar no canteiro de obras

Além da preocupação natural com a integridade física dos colaboradores, adotar medidas de segurança em obras é essencial para respeitar a legislação referente a essa atividade.

Segurança em obras é um aspecto tão primordial, que nunca deve ser nem minimamente neglicenciado pelos empregadores. E se torna ainda mais importante em algumas áreas como a da construção civil.

Desta forma, caso não haja o devido cuidado em um canteiro de obras, os trabalhadores ficam expostos a situações que podem comprometer seriamente sua saúde física e mental. Para alcançar bons resultados relativos à segurança, as empresas precisam controlar e otimizar os procedimentos durante o desenvolvimento das atividades laborais, considerando também a responsabilidade civil.

Pensando nisso, vamos apresentar, neste post, cinco dicas valiosas para aumentar o nível de segurança dos que trabalham nas construções. Confira:

1. Tenha foco na organização

Uma iniciativa imprescindível para prevenir acidentes é priorizar a organização do canteiro de obras. Assim, é mais fácil orientar os trabalhadores sobre como executar suas atividades no dia a dia a fim de minimizar os riscos.

Contudo, é essencial sempre acompanhar o andamento dessas atividades para o ambiente não ficar desorganizado. Um gestor deve estar atento para orientar os empregados a ter uma conduta que valorize a organização no local de trabalho, fazendo-os ver, por exemplo, que materiais cuidadosa e devidamente armazenados em locais estratégicos aumentam a segurança na hora do transporte e do manuseio e também agilizam o processo.

2. Esteja atento ao uso dos EPIs para aumentar a segurança em obras

A legislação exige que as empresas forneçam os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Também obriga que os colaboradores os utilizem nas atividades profissionais. Nas construções, é necessário usar alguns itens, por exemplo:

  • botinas;
  • capacete;
  • luvas;
  • óculos de proteção;
  • protetores auriculares, se houver bastante ruído.

Desta forma, para garantir o cumprimento da lei, os supervisores de obra e a equipe de segurança do trabalho precisam monitorar regularmente o uso dos EPIs pelos funcionários. Também é recomendado promover palestras para mostrar a importância de utilizar corretamente os equipamentos.

3. Promova o Diálogo Diário de Segurança (DDS)

Todos sabemos que nem tudo pode estar sob nosso pleno controle, por isso todo gestor cauteloso prevê e contempla medidas emergenciais que devem ser adotadas imediatamente após a ocorrência de imprevistos, como acidentes, devido às mais diversas causas.

Contudo sempre devem também estar na pauta empresarial estratégias preventivas como, por exemplo, o apoio do Serviço Especializado em Engenharia e em Medicina do Trabalho (SESMT). Composto por profissionais de saúde, tem como objetivo conscientizar os funcionários sobre como evitar acidentes e doenças ocupacionais.

Para isso, adota o Diálogo Diário de Segurança. O DDS contribui para os colaboradores, os gestores e os profissionais de saúde mapearem os riscos e adotarem medidas para minimizá-los. Com trabalhadores bem informados sobre os procedimentos de segurança, menores serão as possibilidades de problemas de saúde durante as obras.

4. Invista no seguro de risco de engenharia civil

Essa modalidade de seguro engloba a integridade dos funcionários e o bom estado dos equipamentos utilizados durante as obras. Adotá-la é uma forma de o empresário ter mais garantias de que as ações serão executadas da melhor maneira possível.

Ao contrário da responsabilidade civil em obras de engenharia, esse tipo de seguro não contempla sinistros que provocaram danos a terceiros. Ele envolve os prejuízos relacionados com a obra ou com os equipamentos utilizados.

Assim sendo, para evitar problemas, o segurado deve informar sobre as mudanças realizadas durante o projeto. Esse procedimento é importante para garantir transparência e um bom relacionamento com a seguradora.

5. Aposte na capacitação dos funcionários

Quando os empregados recebem informações sobre como evitar acidentes, a empresa mostra que se preocupa com a segurança e o bem-estar da equipe. Por isso, é indicado que os colaboradores participem de treinamentos que mostrem a relevância da segurança do trabalho nas obras.

Dessa maneira, essa iniciativa é também uma forma de incentivar os trabalhadores a respeitarem as Normas Regulamentadoras (NRs), que são instrumentos fundamentais para proporcionar melhores condições de trabalho.

Se você pretende estar bem informado sobre os procedimentos de segurança em obras, nos acompanhe nas redes sociais: Facebook e LinkedIn. Afinal, no contexto abordado, o conhecimento é o melhor caminho para a efetiva proteção individual e coletiva!