Produtos Contaminados: Como proteger a sua empresa?

Ter o nome da sua marca envolvido em um caso de produtos contaminados pode ser muito prejudicial para o seu negócio, financeiramente e mercadologicamente também. Mas como proteger sua empresa nesses casos?

Quem assiste diariamente ao noticiário deve ter presenciado nos últimos dias a discussão acerca de casos de contaminação de pessoas, por produtos alimentícios e bebidas. É um tema preocupante e que gera muita insegurança no consumidor. 

Além disso, por se tratar de um assunto do interesse da população em geral, sendo assim esse tema logo toma grande proporções afetando a imagem das empresas envolvidas.

Mas a verdade é que não é de hoje que assuntos como contaminação e até envenenamento de produtos comestíveis e bebidas, além de problemas com falta de informações nas embalagens e adulteração de produtos viram notícia.

Quem trabalha com produtos do ramo alimentício e de bebidas sabe como são complexas as regras que regem esse serviço. São muitos cuidados e normas que precisam ser seguidos para que um produto de qualidade possa chegar a casa do consumidor. No entanto mesmo a mais idônea das empresas está sujeita a sofrer esse risco.

Notícias como essas, acabam por abalar a imagem da empresa envolvida, e comprometem sua reputação junto aos seus consumidores. Causando danos bastante consideráveis as empresas desses ramos, tanto financeiros como de prestígio.

Porém a verdade é que a maioria das empresa que se envolvem neste contexto não tem intenção de infringir as normas e regras vigentes. Mas o que ocorre é que produtos alimentícios e bebidas, estão constantemente exposto a riscos de contaminação, mesmo que acidentais.

Mesmo com novas tecnologias e testes para evitar e coibir esses incidentes, o fato é que eles ocorrem, e com uma frequência maior do que podemos imaginar. Gerando instabilidade para as empresas, além é claro de altos custos para o gerenciamento da cadeia logística.

Quanto custa para a empresa um incidente com produtos contaminados?

incidente por contaminação
Um incidente com contaminação de produtos pode levar uma empresa a fechar as portas

Imagem de Kevin Schneider por Pixabay 

Considerando o que já falamos até aqui, pense bem. Quanto custa para uma empresa, recolher lotes de produtos afetados pela contaminação? Ter suas vendas reduzidas por ocasião de um incidente e pela falta de confiança de seus consumidores? Além de multas e processos legais que podem ocorrer dependendo da gravidade do problema?

São danos imensuráveis! Dependendo da gravidade da ocorrência, uma empresa pode até fechar as portas em decorrência de uma crise como essa. Afinal leva-se muito tempo para construir um nome no mercado, mas pouco é necessário para uma marca cair em descrédito. 

Mas então como resolver esse problema? Confira algumas dicas que podem ajudar a minimizar o impacto negativo em seu negócio.

1 – Investir em tecnologias de alta precisão

Os consumidores estão cada vez mais exigentes, e nas últimas décadas tem surgido um perfil de cliente que escolhe o que vai comprar com base na sua origem e processo de produção. 

Sendo assim as empresas que desejam se manter fortes no mercado precisam entrar na fase da revolução tecnológica. Desenvolvendo soluções para substituir os processo convencionais por outros mais modernos e inovadores, com alta precisão.

Utilização da biotecnologia, por exemplo será uma nova realidade.

Quanto a segurança os produtos alimentícios devem apresentar: ensaios nutricionais e ou fisiológicos e ou toxicológicos em animais de experimentação; A fim de garantir a qualidade do produto para o consumidor final.

A exemplo, podemos citar a indústria do pescado, que vem desenvolvendo uma tecnologia para rastrear o produto desde sua origem até o prato do consumidor. Assim o cliente fica sabendo de onde vem o peixe que está consumindo e tem maior confiança na hora da compra.

Sendo assim, mesmo que aconteça um incidente de contaminação em sua empresa, você terá dados, pesquisas e testes que comprovem sua idoneidade perante seus consumidores, melhorando a imagem da sua empresa frente a crise.

2 – Controle de qualidade e segurança alimentar

Quando falamos de contaminação nas empresas alimentícias, a maior preocupação está na contaminação microbiológica, ou seja, aquela oriunda de bactérias, leveduras e vírus. Mas a verdade é que o assunto vai mais além. A contaminação pode ocorrer por resíduos de produtos químicos de limpeza nos equipamentos, vazamentos entre outros.

Por esse motivo, uma fiscalização rígida e permanente é essencial para garantir a qualidade do seu produto. Seguir as regras de segurança alimentar e higiene em todos os setores da empresa é fundamental para minimizar os riscos de contaminação, e também para melhorar o processo de fabricação do seu negócio.

3 – Quer ter uma garantia? Então contrate um seguro.

seguradora oferecem serviços adicionais para lhe ajudar a sair da crise
Algumas seguradora oferecem serviços adicionais para lhe ajudar a sair da crise

Imagem de Lucia Grzeskiewicz por Pixabay 

Como vimos até aqui é bastante criterioso o processo de análise e controle nas empresas alimentícias, por isso, que mesmo com todo o controle, acidentes podem acontecer. Para que sua empresa não seja pega de surpresa, uma dica fundamental é contratar um seguro para produtos contaminados.

Assim caso ocorra algum incidente sua empresa estará assegurada financeiramente para arcar com os custos. Além disso, algumas seguradoras oferecem serviços adicionais como consultoria de gerenciamento da crise, e indenizações caso sejam necessárias.

O seguro para produtos contaminados é um investimento que compensa!

Enfim, não é fácil gerir uma empresa da área alimentícia e de bebidas, mas o importante é ter métodos que ajudem a manter a sua empresa forte e com bons resultados. Se você ficou interessado e deseja saber mais sobre essa modalidade de seguros, entre em contato conosco.

A LGD atua a 30 anos no mercado, prestando serviços no desenvolvimento de programas de seguros e negócios futuros, oferecendo a melhor qualidade possível aos seus clientes. Teremos prazer em esclarecer todas as suas dúvidas e ajudar sua empresa!