Fique por dentro dos principais prejuízos no agronegócio e como evitá-los

O agronegócio é uma atividade extremamente importante no Brasil, afinal, é responsável por uma parte considerável da economia no país, além de ser a forma como os alimentos chegam às casas das pessoas e propiciar várias chances de investimentos, expansão, sustentação de outros setores (por exemplo, indústria têxtil e biocombustíveis) e geração de empregos. Por tudo isso, evitar prejuízos no agronegócio é essencial.

Quem atua nesse ramo enfrenta diversos desafios, principalmente quando falamos de fatores climáticos e demais fenômenos da natureza, que podem ocasionar a perda da produção, gerando impactos relevantes no desenvolvimento nacional. Por isso, é necessário conhecer os principais motivos que levam aos prejuízos e adotar estratégias para contornar os problemas.

Quer saber quais são eles e o que pode ser feito? Então, continue sua leitura!

Foto de uma plantinha sendo irrigada. Desperdício de água pode casar prejuízos no agronegócio

Desperdício de água

A água é um elemento imprescindível ao agronegócio, e desperdiçá-la representa um grane prejuízo financeiro. Por esse motivo, é importante cuidar dos equipamentos utilizados para fazer a irrigação, cisternas, poços artesianos, caixas d’água etc., principalmente nos períodos em que as chuvas são mais escassas.

Problemas logísticos

Um dos grandes aspectos nesse quesito são os problemas relacionados à armazenagem e transporte de produtos, que podem gerar muitos desperdícios para os produtores rurais. Então, na hora de realizar o planejamento logístico da produção, é preciso considerar vários fatores. Como a validade da mercadoria e a forma como ela vai ser encaminhada até o cliente final. Evitando falhas que levam à perda da produção e demais problemas que influenciam nos resultados do negócio.

Mulher empresaria olhando o seu estoque de produtos

Mau controle de estoque pode causar prejuízos no agronegócio

Os produtores rurais precisam armazenar alimentos para os animais, insumos agrícolas, sementes, colheita, entre outros. Caso não realizem um controle adequado de entrada e saída da produção e materiais usados no dia a dia, as probabilidades de prejuízos aumentam.

Falta de atualização

Hoje, é possível encontrar várias ferramentas elaboradas com o intuito de ajudar na produtividade do campo e na administração de rebanhos e plantações. O agronegócio cresceu junto com o avanço digital, e os produtores devem acompanhar essa evolução para obter os melhores resultados.

Homem usando uma máscara.

Erros ao utilizar agrotóxicos

Os agrotóxicos precisam ser aplicados corretamente para evitar dois tipos de complicações: contaminação do solo e desperdício. Por isso, caso o produtor não saiba como aplicar o pesticida da maneira adequada, o ideal é contar com um profissional capacitado.

Falhas de gestão

Pelo fato de uma propriedade rural se tornar uma empresa, é necessário que seja tratada com seriedade. Muitas pessoas têm conhecimento sobre terras, mas não sabem como levar o negócio de forma produtiva. Então, é importante ter um aprendizado constante sobre gestão, buscar se atualizar sobre as novas demandas do mercado e contar com uma boa equipe de trabalho.

Como um seguro pode ajudar a minimizar os impactos dos prejuízos no agronegócio

Diante da probabilidade desses erros e as consequências que eles podem causar, os seguros agrícolas têm ganhado cada vez mais espaço quando o assunto é proteção contra os principais agentes que podem provocá-los.

São muitas opções de seguradoras e produtos, sendo que as coberturas podem englobar riscos pontuais (como o granizo) ou serem mais complexas. Aumentando a quantidade de riscos cobertos ou, até mesmo, reunindo, em uma única apólice, duas grandes preocupações do produtor: as oscilações no valor do produto e o clima.

Evite os prejuízos no agronegócio

Existe a possibilidade do produtor contar com o subsídio oferecido pelo governo para pagamento de parte da quantia do seguro. Que acorre por intermédio do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), dependendo das características do produto e da cultura protegida.

Portanto é importante frisar que a concessão desse benefício vai depender da disponibilidade de recursos dos órgãos governamentais. E do atendimento pelo produtor das regras definidas nos programas.

Agora que você já conhece os principais prejuízos no agronegócio e como evitá-los, não espere mais para implementar as medidas adequadas e contratar um bom seguro — reduzindo, assim, os riscos que podem afetar a lavoura e atingir a lucratividade do seu negócio.

Gostou deste post? Então, deixe seu comentário aqui e compartilhe com a gente os seus principais desafios e o que faz para evitar que esses prejuízos atinjam o agronegócio!

Já fez a cotação do seu seguro

Fale com o seu Corretor ou cote conosco.

Imagens: água, estoque, agrotóxico.