Como funciona seguro de vida? Entenda o que é e quais as vantagens

Construir uma família e atingir um bom padrão de vida não é uma tarefa fácil. O percurso exige muito tempo e, acima de tudo, dedicação. Então, zelando pelo patrimônio empresarial e pelo bem-estar dos filhos, é importante estar protegido. Nesse sentido, você sabe como funciona seguro de vida?

“É melhor prevenir do que remediar”, já diz aquele velho ditado. Por isso, no artigo de hoje o tema é justamente esse! Para ficar por dentro das vantagens de ter um seguro de vida, confira o material que preparamos:

O que é um seguro de vida?

Para começar, é fundamental entender o que significa esse conceito. Basicamente, o seguro de vida é um serviço que protege o cliente contra perdas específicas — sempre estipuladas no momento da contratação — com benefícios, diretos ou não, para uma ou mais pessoas.

A partir do pagamento de uma mensalidade, a empresa seguradora cobre financeiramente possíveis imprevistos na vida do contratante. O mais comum é o relacionado à morte, quando os familiares recebem uma espécie de indenização. Porém, o seguro também é capaz de ajudar em situações ligadas diretamente ao próprio titular, como veremos a seguir.

Quais são as suas principais vantagens?

Quando o ente que representa a maior fonte de renda de uma família vai a óbito, geralmente os impactos vão além dos emocionais.

Como é comum que a situação financeira da casa também seja abalada, o valor recebido devido ao seguro significa um alento na vida dos que ficaram. E os benefícios são vários, inclusive em vida:

1. Pode ser aproveitado ainda em vida

Como mencionamos, o seguro não serve apenas para cobrir mortes naturais ou acidentais. Ainda em vida, o cliente pode usá-lo em caso de invalidez, por exemplo. Se não tiver mais condições de trabalhar, quem usufrui da proteção é indenizado.

Também pode ser agregada ao contrato uma opção de segurança contra doenças graves. Algumas apólices pagam um percentual do capital segurado se houver diagnóstico de câncer, por exemplo.

Por fim, é válido destacar que é possível, em certas negociações, resgatar o capital investido ainda em vida, o que acaba funcionando como uma poupança.

2. Protege família e patrimônio

Logo no início deste texto, comentamos o longo processo necessário para construir um patrimônio e uma família. Pois bem: nesse sentido, o seguro pode ser um alívio e tanto.

Em caso de morte do titular, por exemplo, esposa e filhos recebem um alento financeiro. E não importa o estágio de vida — a empresa sempre oferece uma indenização que trata de ajudar quem ficou a seguir em frente.

Para quem já conta com um patrimônio considerável, a própria estrutura e os seus afins têm o seu valor destinado, para evitar que a família precise reconstruir tudo do zero.

3. Não entra em inventário

Os valores pagos aos familiares de um falecido são transmitidos diretamente a eles. Assim, sem custo ou burocracia, e de forma rápida, esse processo não entra em inventário. Por esse motivo, os seguros são uma ótima ferramenta para quem busca planejamentos sucessórios.

Normalmente, os beneficiários são herdeiros do titular, assim, não ficam sem recursos. E a indenização assegura todos os investimentos até que o inventário do titular seja concluído.

Como funciona a contratação?

Se você se interessa em contratar um seguro, primeiramente deve analisar as companhias e seus respectivos planos oferecidos. Como o pagamento é mensal, deve ser selecionada uma empresa confiável. Portanto, pesquise bastante antes de fechar contrato.

Ainda vale a pena ressaltar que o seguro costuma oferecer diversas opções, tendo a possibilidade de cobrir uma ou mais pessoas. Evidentemente, quanto maior for o “grau de risco” optado pelo contratante, mais abrangente será a cobertura.

Enfim, conforme lemos ao longo do texto, a contratação de uma empresa de seguros compensa o investimento. Para quem zela pelo bem-estar da família e pelo patrimônio financeiro, se trata de um gerador de tranquilidade. Afinal, o seguro representa a certeza de que, caso qualquer imprevisto aconteça, os familiares terão apoio para seguir adiante!

E então, este conteúdo foi útil para você? Sobrou alguma dúvida a respeito de como funciona seguro de vida? Deixe o seu comentário!