Como escolher uma corretora de seguros realmente confiável?

A segurança e integridade dos seus bens são muito importantes. Contratar um seguro que garanta a proteção daquilo que você adquiriu com o seu trabalho é uma medida essencial para sua tranquilidade.

Mas como escolher uma corretora de seguros que oferecerá o apoio necessário? Neste post, preparamos algumas dicas que podem ajudá-lo nessa decisão. Confira a seguir!

Como escolher uma corretora de seguros

Antes escolher uma corretora, é importante que você consulte algumas informações. A boa notícia é que essa avaliação não exige nenhuma verificação complexa e pode ser feita com algumas rápidas buscas pela internet.

Veja abaixo os 9 cuidados que você deve tomar para fazer a escolha certa. Continue a leitura!

1. Verifique se a corretora é credenciada à SUSEP

A SUSEP – Superintendência de Seguros Privados – é o órgão responsável pela fiscalização do mercado de seguros. Apenas empresas credenciadas pela SUSEP podem comercializar o serviço.

Portanto, para descobrir se a corretora é realmente confiável, basta realizar uma consulta de empresas autorizadas por meio do site.

2. Consulte as avaliações da corretora

Verificar as reclamações da empresa pode lhe ajudar significativamente na sua decisão. Para isso, você pode consultar o Procon da sua localidade ou, ainda, conferir a reputação da empresa no site Reclame Aqui.

Outra forma de avaliar a confiabilidade da corretora é consultando suas mídias sociais. Muitos usuários comentam o seu grau de satisfação em redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram.

3. Confira quais seguros a corretora oferece

Será que a empresa com a qual você está negociando oferece as soluções que você precisa? Antes de escolher uma corretora, pesquise no site quais as seguradoras parceiras da empresa e se ela trabalha com o tipo de seguro que você precisa.

Pode acontecer também de você precisar de mais de um tipo de seguro, como um para o carro e outro para casa, e o ideal é que você conte com apenas uma corretora que otimize essas contratações para você.

Pesquise um pouco sobre as marcas de seguradoras que a corretora trabalha para ter certeza que elas são de confiança e podem oferecer e combinar os melhores serviços para você e sua família.

4. Conheça a abrangência da cobertura

A abrangência das coberturas pode variar bastante de uma empresa para outra ou de um plano de seguro para outro. Pois mesmo que existam itens que sejam de cobertura obrigatória, alguns tipos de sinistros são considerados como adicionais.

Sendo assim, é importante consultar se o produto que você pretende contratar oferece uma cobertura que contempla todas suas necessidades, já que cada consumidor tem um perfil de uso de seus bens e podem estar mais propensos a determinados incidentes do que outros.

Um exemplo disso, são pessoas que moram ou trabalham em zonas que oferecem maiores riscos de enchentes e alagamentos.

5. Revise os termos da proposta

Antes de contratar o seguro, exija todos os documentos que detalham as condições da proposta e conteste o que você achar necessário.

Não escolha uma corretora que não possa fornecer essas informações antes da contratação. Caso contrário, você poderá ser prejudicado por cláusulas que você não tinha conhecimento antes de fechar o negócio.

6. Analise e compare o valor da franquia e da apólice

O valor da franquia de um seguro é fator determinante para o preço final da apólice. Ou seja, quanto maior for o valor da franquia, menos custoso será o valor total do seguro.

Porém, é preciso tomar muito cuidado com esse ponto. Muitas pessoas, por quererem economizar nas parcelas do seu seguro, acabam contratando apólices com um valor de franquia muito alto, que ultrapassa suas reservas financeiras e pode trazer problemas para arcar com as despesas no caso de ocorrer algum sinistro.

Por esse motivo, é de extrema importância considerar o seu planejamento financeiro e, analisando o valor da franquia e da apólice, decidir qual é a melhor solução para a sua situação atual, evitando surpresas futuras com as quais você não possa arcar.

7. Peça indicações a seus amigos e familiares

As redes sociais e os sites de opinião, como o Reclame Aqui, são ótimos para conhecer a reputação das empresas, mas não há nada como ouvir o depoimento de quem a gente conhece e confia, né?

Procure perguntar aos seus amigos e familiares quais são as corretoras de seguro que já prestaram serviços a eles, quais ofereceram um serviço de excelência e quais apresentaram algum tipo de problema ou situação duvidosa.

8. Veja qual é o suporte dado pela corretora

Preste bastante atenção em fatores como o tempo de resposta dos colaboradores da corretora e o grau de comprometimento deles em relação a entender suas expectativas e necessidades.

Além disso, seja franco e pergunte qual é o suporte oferecido pela corretora após a contratação do seguro. Isso porque a corretora será a empresa responsável por fazer a ponte entre você e a seguradora, então ela deve oferecer suporte constante. Afinal, nunca sabemos quando algo pode acontecer e é por isso que contratamos esse tipo de serviço.

9. Converse com um corretor da empresa

Antes de tomar a decisão final, converse com um corretor e avalie o seu atendimento. Ele respondeu a todas as suas dúvidas? Suas respostas foram ágeis e precisas? Essas questões devem ser avaliadas com extremo cuidado, pois podem dizer muito sobre a transparência nos processos da empresa.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como escolher uma corretora de seguros que seja séria e confiável, mas, com um pouco de tempo e pesquisa, certamente não haverá espaço para inseguranças na hora da contratação.

É importante ressaltar que todas essas etapas são muito importantes na tomada de decisões. Afinal de contas, a corretora será responsável por garantir todo o suporte necessário caso você tenha que acionar o seu seguro.

E você, também está em dúvida sobre como escolher uma corretora de seguros para proteger o seu patrimônio? Então entre em contato conosco e conheça nossos serviços e condições!