Os termos mais usados em seguros que você precisa conhecer!

Conheça alguns termos técnicos usados pelas corretoras de seguros em seus contratos.

Em qualquer ramo de atuação há o emprego de termos técnicos para tratar dos mais variados aspectos relativos ao negócio. E no segmento de seguros não poderia ser diferente.

Ocorre que muitos consumidores se sentem perdidos em meio a tantas palavras desconhecidas — o que pode se tornar um grande problema, já que a clareza, a objetividade e a eliminação de qualquer elemento que possa atrapalhar a compreensão são fundamentais para que o interessado assine um contrato com uma corretora de seguros.

Quer conhecer e entender os principais termos de seguro? Continue a leitura!

1. Sinistro

É a ocorrência do fato previsto no contrato de seguro, para o qual a cobertura foi contratada. Quando acontece um sinistro, a seguradora fica obrigada a pagar a indenização. É um evento de causa única, não importando a quantidade de consequências.

2. Franquia

A franquia é a parte da indenização desembolsada pelo próprio segurado. Se, depois do sinistro, os gastos necessários para a reparação do dano forem menores do que o valor da franquia, o segurado arcará com toda a despesa e não receberá o valor da indenização por parte da seguradora.

Contudo, se os custos para a reparação do dano forem superiores ao valor da franquia, a indenização será paga pela seguradora.

Quanto maior for o valor da franquia, menor será o risco da seguradora — e, consequentemente, mais barato será o preço do seguro. O contratante pode escolher aumentar ou reduzir a franquia, mas isso vai depender do tipo de proteção que ele deseja ter.

3. Proposta e apólice

A proposta do seguro é o documento que formaliza o interesse do segurado em transferir o risco para a seguradora. Em suma, ela inclui um questionário minucioso sobre o bem a ser protegido, que deve ser respondido corretamente pelo segurado.

Já a apólice é o documento que efetiva a aceitação do risco pela seguradora. Ela inclui todos os dados do contratante, do bem assegurado e as coberturas contratadas. A proposta passa a compor a apólice de seguro.

Duas pessoas sentadas a mesa assinando um contrato
Entender os termos técnicos é importante para fechar um negócio com mais segurança.

4. Prêmio

O prêmio nada mais é que o pagamento realizado pelo segurado à seguradora, para que esta assuma o risco a que o bem está exposto.

Contudo, vale ressaltar que a inadimplência no pagamento do seguro ocasiona a perda dos direitos contratados. Portanto, caso seja constatada a falta de pagamento do prêmio no momento do sinistro, o segurado não terá direito à indenização nem poderá optar por realizar o pagamento atrasado.

5. Bônus

Trata-se de um desconto concedido ao segurado no momento da renovação do seguro. Ele é praticado caso não tenha acontecido nenhuma transferência de obrigações ou direitos, ocorrência de sinistro ou cessação do contrato de seguro ao longo do período de vigência da apólice anterior.

6. Endosso

Endosso é o documento emitido pela seguradora e que modifica condições e dados de uma apólice, com a concordância do segurado. Sendo assim, ele pode ter o início de vigência diferente do começo da vigência da apólice, porém, deve sempre respeitar o término da validade atual.

Existem vário tipos de endosso: de cancelamento, de alteração cadastral, de substituição, entre outros.

Enfim, agora que conhece o significado dos principais termos de seguro, você pode fechar negócio com mais segurança. Uma dica importante é nunca deixar de esclarecer suas dúvidas, afinal, isso é essencial para ter a certeza de que está contratando o que realmente deseja.

Gostou do post? Assine agora mesmo a nossa newsletter e receba todas as novidades na sua caixa de e-mail!

Imagens:  bruce mars em Unsplash e Contrato,